Configurando o Serviço NETBios no Windows

NetBios é uma especificação criada pela IBM e pela Microsoft que permite que aplicativos distribuídos acessem serviços de rede uns dos outros, independente do protocolo de transporte usado. Ele se integra com o TCP/IP (NETBios sobre TCP/IP) e é executado nas camadas Sessão, transporte e Rede do modelo OSI.

O NETBIOS define nomes sobre a rede, estabelece sessões entre dois serviços com nome em uma rede e dá suporte à transferência confiável de dados entre computadores com uma sessão já estabelecida. Fornece serviços de entrada e saída de rede para dar suporte a aplicativos cliente-servidor conectados por rede. Do ponto de vista de arquitetura, a especificação NETBIOS define:

IPC – Um mecanismo de comunicação inter-processos

API – Uma interface de programação

Este permite que os aplicativos compatíveis com NETBIOS comuniquem-se remotamente através de uma rede e solicitem serviços das camadas mais inferiores da pilha TCP/IP. Esta é a definição primária e original de NETBIOS.

Um protocolo localizado nas camadas sessão e transporte do modelo OSI que disponibiliza funções como o estabelecimento e a conclusão de sessões bem como registros, recuperação e resolução de nomes

“Para que os clientes NETBIOS possam se comunicar por meio de TCP/IP o Windows disponibiliza o protocolo Netbios sobre TCP/IP.

Netbt é um protocolo da camada sessão do NETBIOS, que disponibiliza APIs sobre TCP/IP

Pode-se usar broadcast ou WINS para atribuição de nomes ou ambos e é possível configurar o comportamento do micro com relação o servidor WINS e o serviço NETBIOS, através da configuração de uma chave no registro ou via DHCP.

Existem 4 configuração específicas de nós:

Nó B (padrão) 0x1 Só faz broadcast

Nó P (Ponto a ponto) 0x2 Só consulta o Servidor WINS

Nó M (Misto) 0x4 Broadcast + consulta WINS

Nó H (Híbrido) 0x8 Consulta WINS + Broadcast

Para configurar o tipo de nós via registro altere a seguinte chave:

HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\CurrentControlSet\services\NetBT\Parameters

Caso não exista, crie um registro do tipo DWORD chamado NodeType e informe o valor de acordo com o nó que desejar configurar, em seguida desabilite e reabilite a conexão de rede para efetivar a alteração. Usando o comando IPCONFIG /ALL é possível visualizar o tipo de nó configurado no seu micro e não esqueça também de informar um servidor WINS nas configurações da placa de rede, isso principalmente quando estiver usando um tipo de nó que faça consulta no Servidor de Nomes Netbios (WINS).

É possível também efetuar a mesma configuração usando o Servidor DHCP, neste caso utilize o conjunto de opções, onde você encontrará os códigos 044 – WINS/NBNS Servers (Configurar o Servidor WINS no cliente) e o 046 WINS/NBT Node Type (Configura o tipo de nó).

Anúncios